Escrevendo o texto

Last updated 7 months ago

O Vim é um editor que possui diferentes modos de edição. Entre eles está o modo de inserção, que é o modo onde escreve-se o texto naturalmente.

Para se entrar em modo de inserção, estando em modo normal, pode-se pressionar qualquer uma das teclas abaixo:

i ..... entra no modo de inserção antes do caractere atual
I ..... entra no modo de inserção no começo da linha
a ..... entra no modo de inserção após o caractere atual
A ..... entra no modo de inserção no final da linha
o ..... entra no modo de inserção uma linha abaixo
O ..... entra em modo de inserção uma linha cima
<Esc> . sai do modo de inserção

Uma vez no modo de inserção todas as teclas são exatamente como nos outros editores simples, caracteres que constituem o conteúdo do texto sendo digitado. O que inclui as teclas de edição de caracteres.

Para salvar o conteúdo escrito, digite a tecla <Esc> para sair do modo de inserção e digite o comando :w para gravar o conteúdo. Caso queira sair do editor, digite o comando: :q caso tenha ocorrido modificações no arquivo desde que ele foi salvo pela última vez haverá uma mensagem informando que o documento foi modificado e não foi salvo, nesse caso, digite o comando :q! para fechar o Vim sem salvar as últimas modificações feitas. Caso queira salvar e sair do arquivo, digite o comando :wq

Nesse ponto, conhece-se o vim de forma suficiente para editar qualquer coisa nele. Daqui por diante o que existe são as formas de realizar a edição do arquivo com maior naturalidade e produtividade.

O usuário iniciante do Vim pode cometer o erro de tentar decorar todos os comandos que serão apresentados. Não faça isso. Tentar decorar comando é exatamente o caminho contrário da naturalidade exigida por um editor texto para aumentar a produtividade.

Ao contrário, sugere-se que leia-se todo o conteúdo. Identifique quais são as atividades de maior recorrência no estilo individual de escrita e busque como realizar tais funções com mais fluência nesse editor. A prática levará ao uso fluente desse comandos principais, abrindo espaço para os demais comandos.

Isso não impede que o usuário experimente cada comando conforme for lendo. De fato, essa prática pode ajudar a selecionar as formas de edição que lhe são mais simpáticas ao uso.