Editando saídas do Shell

Last updated 7 months ago

Muitas vezes, precisamos manipular saídas do shell antes de enviá-las por e-mail, reportar ao chefe ou até mesmo salvá-las. Utilizando

vim -
ou
gvim -

a saída do Shell é redirecionada para o (G)Vim automaticamente, não sendo necessário redirecioná-la para um arquivo temporário e, logo após, abrí-lo para editá-lo e modificá-lo. Quem trabalha com sistemas de controle de versão como svn pode visualizar as diferenças entre o código que está sendo editado e o que está no repositório com sintaxe colorida desta forma:

svn diff | view -

Outra situação em que se pode combinar o vim com saidas do shell é com o comando grep. Usando-se a opção -l do grep listamos apenas os arquivos que correspondem a um padrão.

grep -irl voyeg3r .
./src/img/.svn/entries
./src/Makefile
./src/vimbook.tex

Pode-se em seguida chamar o vim usando substituição de comandos, como o comando !! corresponde ao último comando, e neste caso a saida corresponde a uma lista de arquivos que contém o padrão a ser editado faz-se:

vim ${!!}